Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2005

Maybe the ...maybe not the least

Recebi algumas críticas de amigos sobre o meu útlimo post. Que pretendia ser o último, mesmo. Pelo menos deste blogue.

Talvez as minhas palavras não tenham sido muito adequadas, correctas, racionais ou esclarecedoras daquilo que pretendi dizer.

Como tal:

1. Não quero ser agressivo em relação à luso-blogosfera. Mas...não posso escamotear a realidade: dos grupos que se instituem e auto-protegem, blah, blah, blah...
Não fui o único a constatar e escrever isto...

2. Tenho grande apreço por quem me tem visitado com contância.

3. Não tenho nem apreço, nem desapreço pelos outros...os não-visitas, por razões óbvias...

4. Comecei por escrever para mim, e sempre escrevi POR mim. Numa fase posterior, pensei que, sendo este um espaço público, devia escrever POR e DE mim, para os outros. Não funcionou, porque não usei das mesmas técnicas de "marketing" de outros espaços (seguramente melhores do que este!)

5. Não quiz escrever sobre trivialidades: para os meus tempos livres individuais (e egoísta…

Últimas palavras

Imagem
A blogosfera lusa é um espaço de opinião muit corporativo, como tantas outras actividades neste nosso maravilhoso, desencantado e estupidificado país. Os blogues mais frequentados são desinteressantes, com excepção de alguns de indiscutível qualidade, seja intelectual, satírica ou humorística. Utilizam-se esquemas de conquista de leitores, recorrendo a estrategemas e meios que pouco me interessa, a mim, seguir. Á generalidade das pessoas interessa a ligeireza, mais do que através da diversidade ideológica, a discussão de assuntos de grande impacte, alcance ou profundidade. Este espaço- a blogosfera- não é, decididamnete, um fórum de ideias nem, muito menos, aberto a todos. É uma feira de vaidades, um espaço corporativo, uma bagunçada que percorre a 'imprensa cor de rosa' e termina no insulto sem fundamento e sem consequência. Nem tudo é mau, obviamente. Muitos blogues têm muitissima qualidade, quer pelo que versam, quer pela natureza de quem os escreve; que mesmo tratando de t…

Crianças assassinas

Nos Estados Unidos da América aconteceu uma vez mais: um jovem de 17 anos assassinou nove (9!) pessoas, a 'sangue-frio', para usar uma expressão cinematogáfica americana.

Nos EUA isto já não é novidade. Para eles faz parte da diversidade, leia-se riqueza social, da sociedade de que têm orgulho. Uma sociedade de gente inculta, que cultiva, orgulhosamente a sua ignorância a par, dizem eles de si mesmo, de um pragmatismo que conduz ao desenvolvimento económico.

Um indivíduo que se torna assim um assassino, algumas vezes sem um percurso que explique a sua atitude, como foi o caso dos rapazes que mataram 13 pessoas em 1999, em Columbine, que razões tem para tal? Se existem razões que o possam explicar...
Podem não existir. E, quase certamente, não existem quaisquer razões. Tudo se passa mais por uma falta de sensibilidade e inconsciência extremas. Por mais estranho que se nos afigure.

Quanto mais estupidez mental, mais inconciência. Mais primarismo.
Lembro-me- esta é uma comparação um t…

21 de Março- Dia Mundial da Poesia...e da Floresta

Hoje foi Dia Mundial da Poesia.

Estranho.

Porque tem a Poesia um Dia Mundial? Será Marketing? Mas se é isso, gostarão disso os poetas?

Porque necessitará a Poesia de um Dia Mundial? Por não ser suficientemente frequentada? Não gostarão disso mesmo os poetas?

Se não, quero dizer, se querem um Dia Mundial, porque utilizam o seu hermetismo da escrita para se afastarem dos leitores? Das pessoas?

Há qualquer coisa que não faz sentido.

Sentido faria se nada disto necessitasse, a Poesia.

Hoje também foi Dia da Floresta. Mundial.

Quem disso falou? Certamente não os Poetas.

Dessa Floresta que vamos deixando de ter.

Floresta sem Poesia. Nenhuma.

Esta coisa dos Dias Mundiais...não é coisa nenhuma!

Hoje foi Dia de Coisa Nenhuma.

Portugal aos saltos.

Portugal quer dar um salto. Tecnológico, económico, talvez também cultural e social. Queremos todos. Não apenas Sócrates- o téorico...até assusta...- mas todo o país anseia por tais "saltos".

O exemplo, segundo os novos governantes vem da Finlândia.

A Finlândia é um país nórdico, bem ao Norte da Europa por sinal, com uma cultura, individual, familiar e social bem distinta da portuguesa. Tudo bem. Não me preocupam tais diferenças, se soubermos adaptar algumas medidas que se hão-de pretender tomar, implementar, à nossa realidade. Mas principalmente há que ter em conta que vivemos numa economia aberta, internacional, muito susceptível às influências internacionais.

Mas o que quero aqui deixar é outra coisa, outras ideias. E perguntas.Acho que é uma excelente ideia copiar bons exemplos de outros países, que há dez anos não eram assim tão desenvolvidos, e deram um grande, enorme “salto”. È o caso da Finlândia.Ninguém mais do que eu anseia por que Portugal consiga também dar um passo…

Alguns dos meus pintores favoritos...

Estes, abaixo, são alguns dos meus pintores favoritos...

Não fica mais bonito o meu blogue, assim?

Mas continuem, desçam no blogue até ao "Balneário"...e deixem testemunhos originais

Please feel free to post some real and funny experiences or ones you have heard of, in WC's, Health Clubs, Saunas...
Srcroll until you find bellow the post "Balneário" and write down you comment or story n the Comments box. Thank you!

Bitte lassen Sie Ihre Lustige/ 'Comic' Erfharungen in Toilette, Health Clubs oder Saunas, dass Sie gerhörthe oder gelebt hatte ...
Bitte finden Sie unter das "Balneário" text und lassen Sie ein Kommentar oder ein personliches erfharung in die Kommentaren Box. Vielen Dank!
Imagem
Friedensreich Hundertwasser
Imagem
Edgar Degas
Imagem
Nel Blu, por Kandinsky
Imagem
Der Kuss, von Gustav Klimt.

No Balneário

Imagem
Muitas vezes nos podemos intrigar (apenas os curiosos, este texto é para os curiosos!) um "bocadinho" com o que se passa no balneário do sexo oposto. Que conversas fazem os homens entre si, que comportamento têm nesse espaço que lhes é exclusivo?

E as mulheres que dizem umas às outras no balneário? E no WC, quando lá vão aos pares ou trios?

Pois é. As conversas, atitudes e comportamentos dos balneários são momentos "quase-íntimos" que ficam entre os membros do sexo respectivo.

Mas também os comportamentos nas casas de banho públicas podem ser motivo de intriga, de curiosidade, e são não raramente ocasião para dizer "aquela coisa" que não se pode dizer "onde as paredes têm ouvidos". Os homens podem falar "daquela gaja" (eh pá, visto 'aquilo'?). As mulheres podem dizer "tu viste como ele me olhava...?"

Será assim?

Não sei. Depende. Talvez...

Muitas coisas ficarão para sempre no mais absoluto segredo. Esta parte da vida quotid…

A propósito do novo Museu do Holocausto

Imagem
Israel inaugurou um novo Museu do Holocausto. Um lindíssimo edifício de arquitectura moderna, onde a luz que incide nos espaços interiores é apenas a suficiente para provocar uma sensação claustrofóbica.

A visão, de novo, das imagens de judeus em campos de concentração, de câmaras de gás...de valas comuns cheias de corpos deformados, subalimentados, irreconhecíveis (um dos testemunhos mais impressionantes que li sobre os efeitos da subalimentação em muitos dos judeus aprisionados foi o de não ser possível, em muitos deles reconhecer rapidamente o sexo, por ser de tal ordem o atrofiamento, que quase se podia congundir com o sexo feminino...), essa imagens, que revisitei mentalmente e agora voltei a ver na reportagem sobre o Museu em Israel e na net, essa visão...levou-me uma vez mais a pensar, sem conseguir resolver tal pensamento, no que poderá tornar possível uma catástrofe humana daquela dimensão.

A maldade como forma de vida?

A cegueira colectiva que, recorde-se, colocaram Hitler no p…

Um filme antigo

Setúbal fica a apenas quarenta e cinco quilómetros de Lisboa. Foi no passado uma cidade industrial e ainda o é hoje, em grande medida. Mas tem sabido mudar um pouco a bas da sua actividade económica, levando consigo a vida profissional dos que lá habitam. Ainda subsistem grandes problemas laborais e sociais naquela cidade, onde o desenvolvimento cultural tem chegado serôdio e não muito estimado, ou compreedido.

Assim tento eu entender e explicar o ambiente e os sinais desse mesmo ambiente a que ontem, tarde de Domingo pude assistir no Fórum Luisa Tody. Um vestusto teatro dos dias do "antigo regime". tneho de escrever "antigo regime" entre aspas, dado não ter sentido uma grande evolução social e ainda menos, cultural, no que pude presenciar.

Explico-me: fui a um concerto do grupo de crainças e jovens que constituem uma das melhores no seu género a nível nacional ou mesmo europeu. Um concertos dos Violinhose em colaboração com os Paganinus, uma orquestra congénere, tam…

O nosso clima, o Instituto da água e a seca

I
A seca que nos atinge desde o Outono de 2004 é extremamente preocupante. Em termos económicos em termos sociais, familiares, industriais e, muito, em termos ambientais. Segundo estudos recentes, muito conclusivos e esclarecedores, estas alterações climáticas (neste caso esta seca não se verificava há 70 anos, mas que se desiludam os que pensam que por haver registo de já ter acontecido, é um fenómeno cíclico que deve ser entendido como normal!)

Estas alterações climáticas são, já existem provas científicas sólidas disso mesmo, serão, cada vez mais frequentes, cada vez mais graves e nem sempre terão a mesma expressão. Deixando-nos a todos atónitos e sem entender o que será o futuro. Neste nosso caso mediterrânico a tendência será uma desertificação e um arrefcimento anual progressivo...mas mais rápido, muito mais rápido do que desejaríamos.

Dentro de dez (10!) ou vinte (20!) anos o nosso clima, aqui, que nos julgamos privilegiados, será quase outro, dsitinto do de hoje, quase irreconhe…

Million Dollar Eastwood

Imagem
À espera da vida política deste país, onde nos podemos dar ao luxo destas pausas e interregnos, onde homens de passado direitista- delfins de antigos Presidentes de Conselho de Ministros da 'antiga senhora', concretizemos: delfim de Marcello Caetano (se ele fosse vivo morria agora!), assumem lugar em governos socialista arrogantes, dando a ideia de o gosto pelo poder ser mais forte do que tudo omresto...ela era até agora Administador da CGD (há homens que são competentes para tudo, para tudo e acumulam onze ou vinte lugares de topo, e dormem três horas...ehhh lá!)- sim porque se Cavaco era arrogante quando usava de silêncio 'menino' Sócrates, sem estatuto à altura de nada, é o quê? Ah democrata rigoroso e eficiente...esperemos.

Mas nesta espera para entrar na nova era da incompetência (mania minha, espero enganar-me...), aproveitei e fui ver o que me parecia o resultado do trabalho de um homem, de facto, eficiente e competente!

E...valeu!

Um dos melhores filmes que tive o…

Leitura recomendada!

No peneiroso blogue Barnabé, Nuno Santos fez um comentário sobre a saúde do Papa, daqueles que faria o Partido Nacional Socialista corar e vergonha ou, às tantas, contratar o autor do mesmo- o homem que tem e detém a razão. Aliás todas as razões.

Sobre esse post, recomendo e transcrevo- com a devida vénia- o Comentário ao mesmo, de P. G. Sanches, do Epicurtas, no Barnabé:

"O Nuno Santos já bebe sozinho por uma palhinha. Os médicos estão em crer que, a partir de amanhã, poderá começar a gatinhar sem amparo alheio. Aguardamos ansiosos.
Não devia fazer aquilo que farei a seguir, mas pronto, por esta passa.
O Nuno Santos não é personagem que me agrade. As coisas que escreve são arrogantes e imbecis, dignas do quadro social atrasado, inconsequente e irresponsável onde se movimenta e onde as suas “ideias” vão fazendo escola.
O Nuno Santos detém o poder para ajudar a alterar este estado de coisas e não o faz; provavelmente porque os neurónios não lhe bastam para tal tarefa. Posto isto, é um …

Instrumentalização e purga no PSD?!?

O PSD entrou na democracia portuguesa com Sá Carneiro, Pinto Balsemão, Mota Pinto e outros fundadores como uma força política reformadora, com uma atitude de transparência e com uma prática de independência, face a correntes político-filosóficas internacionais desgastadas e comprometidas.

Os seus fundadores pretendiam um partido sem vícios, decorrentes, no caso de outras forças partidárias, como o PCP e o PS, de compromissos ideológicos internacionais e de vícios de prática diária muito ancorados num passado que naquele período de 1974 a 1976 estava precisamente a transformar-se. O PSD, na altura ainda PPD, por razões de dificuldade de registo da designação social-democrata, queria trazer uma frescura à nossa vida política e social para, com isso, mudar o país, sem âncoras ideológicas. Queria "fazer de novo".

A atitude de tal partido era, na altura e ainda muitos anos após Sá Carneiro, a de um partido, ou seja de um grupo de personalidades influentes, cuja individualidade e ob…

Um Recital memorável!

Imagem
Venho absolutamente maravilhado!

Assisti, ao fim da tarde de hoje, a um Recital de uma Academia de Música, à qual pertenço como membro da associação que a gere, que teve lugar no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa.

Apresentaram-se crianças e jovens de idades que vão dos 3 anos aos 14 (mas na Academia as idades variam entre 3 e 18 anos).

Todos fizeram o seu melhor. É fantástico assistir a cirnças tão pequeninas se apresentarem com um postura tão correcta e responsável, entre nervos a puxarem-nas dali para fora e vontade de darem o melhor de si mesmas, deixando pais, professore e amigos todos felizes.

Desde músicas mais ou menos populares a outras composições mais elaboradas, de Händel, Severn, Fiocco e Bach, para citar apenas alguns, tocando violinos, clarinete ou piano, estas crianças fazem-me nestes momentos recuperar alguma esperança no futuro deste nosso, muitas vezes, amaldiçoado país.

Para o final haviam-nos reservado uma surpresa: uma das jovens que há muito nos promete o melho…