Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2010

'Tá' amuado...o rapazola...

O menino ministro Pedro Silva Pereira ficou muito magoado, amuado... com as afirmações de Cavaco Silva. Temos Pena! Que amue, ou desamue, mas que desapareça. Já temos manipuladores anti-democráticos que cheguem. O caso é que... é bem verdade o que disse Cavaco.

Ou teria sido nomeada uma autêntica gestão, e administração, profissionais e que tivessem sido seriamente empenhadas em salvar o BPN, ou então dever-se-ia ter deixado cair e falir.

Manter o 'folhetim', na esperança de tal servir (e irá ser usado, por altura de eleições legislativas já em 2011, pelo PS e por esta mão cheia de rapazolas irresponsáveis e incompetentes, mas muito competentes na instauração de teias de influências, 'polvos', para tentar atingir um PSD onde alguns dos seus antigos dirigentes foram parte decisiva na fundação e administração da SLN e BPN, mas nada tem a ver com a actual direcção do PSD. Ou...um dia serão os futuros dirigentes do PS, após correrem com Sócrates, responsáveis pelas mentir…

Manuel Alegre. Uma triste estupidez …ou burrice pura e simples.

Transcrito do “Basfémias”“Os donos das palavrasOntem Manuel Alegre terminou assim o seu debate: “Eu dirijo-me ao povo da esquerda e a todos os outros democratas, àqueles que se reclamam da doutrina social da Igreja e querem uma sociedade mais justa e solidária. É preciso resistir.”   Suponha-se que Cavaco Silva ou algum candidato proveniente da sua área política terminava assim um dos seus debates –  “Eu dirijo-me ao povo da direita e a todos os outros democratas, àqueles que se reclamam da doutrina social da Igreja e querem uma sociedade mais justa e solidária. É preciso resistir.” - No dia seguinte o país estaria em comoção com o apelo que todos considerariam ultra-montano  sujacente a tal frase dirigida ao povo da direita e aos católicos. Pelo menos três crentes doutros credos já teriam debitado aos microfones da TSF o seu espanto e indignação perante tal discriminação. E a criatura que tivesse proferido tal frase estaria transformado num chefe de milícia que havia que erradicar do…

Um Procurador de Vergonha

O Procurador Geral da Republica, um conhecido socialista, escoliho pelo PS, tal como o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, eleito por membros do PS, do Conselho de Magistratura, tudo gente comprometida com Sócrates, instaurou um processo disciplinar a vários procuradores, porque estes incluíram no processo de investigaçao um questinário que havia sido recusado e ao qual Sócrates devia ter respondido. Uma perfeita manipulaçao dos meios do Estado para camuflar uma investigaçao. Ninguém ainda condenou Sócrates, mas com estes procedimentos, estes ‘amigalhaços’ do falso e corrupto Primeiro-ministro já está condenado, no mais importante e implacável tribunal de todos: o da opiniao pública. O dos eleitores. Até que enfim. Obrigado senhor PGR! E ainda mais, obrigado senhor Presidente do Supremo.Quando um Procurador Geral e um Presidente e um Supremo Tribunal em lugar de defenderem o interesse pela Verdade e a Justiça, como pedras basilares de um Estado de Direito, para que fosse, em pl…

'Faz sentido'...em termos de 'energia positiva'?!!!??

Um dia destes ouvia na rádio uma economista a falar de ...numerologia! Não! Não da ciência dos 'números',  de uma qualquer aplicação de cálculo numérico à Economia. Mas de 'numerologia' como 'ciência (exagero de auto-classificação, catalogação), exotérica (termo que os exotéricos detestam que lhes cole à pele), uma interpratação dos 'sinais' da vida, passada, mas ainda mais...futura (outra estupidez, visto não se poder interpretar o futuro, já que ainda não aconteceu, e, daí, iventar.se esta coisa dos 'sinais'. Numerolgia como forma de 'entendermos' a vida, a sua energia, a nossa 'energia'. Acreditem que foi um esforço inusitado, o meu, de ficar caladinho, sózinho no carro, a ouvir tais disparates, aliás, burrices, estupidez humana, no seu melhor.
Um dia destes chega-nos uma colher de pau, das que se usam para mexer o arroz no processo de cozinhar e 'diz-nos' que sabe o resultado da eleições na Ucrânia...
Uma ideia interessante…

Wikileaks: a Verdade nunca foi a virtude primeira destas Democracias...

Imagem
Julian Assange está neste momento em prisão, após o recurso da Acusação, sobre a decisão do Tribunal, que o está a julgar pelos crimes de cariz sexual de que o acusam, que pretende que ele não saia em liberdade, para, assim aguardar o início do julgamento, ou a decisão sobre a extradição pedida pela Justiça Sueca que o acusa.
Só esta atitude de lhe querer retirar qualquer possibilidade de se preparar em liberdade, ou de lhe dar o direito, mínimo e humano, de aguardar como homem ainda livre, e ainda sem se saber se quem o acusa tem fundamento para tal, é quanto basta para se desconfiar, com justificada segurança, das razões que conduziram à Acusação. E para se desconfiar de que individualidades politicas e governantes, tal como Serviços Secretos, da Rússia, de Israel, do Egipto, do Irão, dos EUA, do Reino Unido, e até de Portugal pretendem a todo o custo manter Assange sob prisão e (pensam eles) fugir à transparência que as Constituições destes Estados, pelo menos dos institucionalment…

Marina, de Carlos Ruiz Zafón

Imagem
Carlos Ruiz Zafón, Marina: “Marina disse-me uma vez que apenas recordamos o que nunca aconteceu”…”O tempo não nos torna sábios, apenas mais cobardes”.  O protagonista desta história termina o seu relato com esta visão do antigo colégio interno, com a noção de que se voltasse a visita-lo se perderia a sua juventude ( a memória dela). A memória da própria história. Uma história única, comovente, de fim triste. Mas rica de emoções. Como nunca chegou a concretizar o sonho que a história desenvolve, de que a sua melhor ou única amiga, se tornasse, um dia, a sua namorada e companheira, com quem tantas aventuras e emoções havia vivido….recordava então, apenas, o que nunca aconteceu. Mas numa outra dimensão, as palavras de Marisa, a sua heroína que teve um fim sereno, mas triste e prematuro, o que nunca aconteceu refere-se à incerteza e ao irrealismo, ou realidade inverosímil da aventura conjunta e da história que lhes for a contada e que acabariam por partilhar e viver.
Lê-se de um fôlego, este…

O Mundial de Futebol de 2018 na Rússia

"É uma vergonha(...) a Rússia, um Estado mafioso corroído até à medula pela corrupção (e anti-democrático, sendo que os russos não conhecem até ao dia de hoje um só segundo de Democracia, num país que manipula as eleições e goza com o seu povo e com os de outros países) ; o Qatar, um reino medieval sem liberdade de expressão, ambos nadam no dinheiro que o petróleo oferece". Dizem os jornais ingleses. E dizem muito bem.

Mas não dizem tudo, porque esquecem a China. E os interesses ingleses no petróleo. E a atitude do Reino Unido, logo após a independência de Israel, em que apoiaram os Árabes, com armas e recursos, porque o petróleo destes falava mais alto.

A hipocrisia e o mau perder é sempre evidente nos povos e países que se consideram a si mesmos superiores. E com uma hegemonia para todo o sempre.

Junte-se-lhe a arrogância e podemos ter um vasto conjunto de países, que remam a favor de uma muito evidente 'Realpolitik': Reino Unido, USA, Alemanha, Espanha, França, Ho…