Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2015

Uma fracção apenas

Imagem
Temos momentos e tantos momentos. Aquele em que tentamos gerir o ruído à nossa volta, da pressa automática e nervosa de tudo. Aquele em que não queremos ouvir nada do que nos parecem querer dizer, sem o querer, por quase gritarem num locar público, as suas vidas, as suas opiniões, desaforos, ou até as suas declarações de amor. Não é nosso, nem para nós e não queremos saber.

Só queríamos ter um espaço de silêncio para pensar, ou tentar inclusive a impossível ausência de pensamento.

Temos momentos em que o silêncio que até procurávamos nos é tão pesado, que tudo daríamos por um bocado de ruído dos outros. Temos momentos musicais. Temos momentos de assombro por alguém. Momentos de emoção e comoção. De auto-comiseração, sempre julgado ilícito por alguém. De altruísmo, puro ou maculado. De egoísmo saudável, ou condenável.

E temos tudo, em momentos, estanques ou confusos e entrelaçados. "I am a strange loop", escreveu Douglas Hofstadter. E somos todos, a vida toda.



Há sempre uma l…

Alvorada algo fria

Está a chegar o frio. Há quem diga que pensamos melhor com o frio. Confesso que eu...sinto frio. Mas talvez exista uma razão para que se diga tal coisa. Talvez o calor ambiental nos puxe fisicamente, nos leva a actividades no exterior das nossas casas. O frio, pelo contrário, deixa-nos em casa, e em actividades no interior, da casa e de nós. São conversas mais demoradas com os nossos, são as memórias que elas trazem, são as nossas leituras, os filmes e tudo o que, também nos leva a, talvez, pensar mais.

O frio logo pela manhã ainda a aguardar o despontar do Sol, é provavelmente revitalizante, se sairmos à rua, para um pequeno passeio. Um revisão de momentos vividos, bons e maus, um esquema mental qual folha de cálculo na cabeça, para alguns planos para tempos próximos. Como a formiga, talvez, a preparar outro frio, mais intenso, outro calor humano, mais compensador.

O Sol já começa o seu dia connosco, deixando outros no início da noite, levando-nos a mais um dia que ainda mal descorti…

Opiniões e ideias

O que é uma ideia e o que é uma opinião? Todos sabemos, provavelmente. Uns, até terão melhores palavras, melhor forma de explicitar o que uma e outra coisa são do que eu. Mas esta é a minha ideia, sobre as ideias e sobra as opiniões que temos, sobre acontecimentos, sobre projectos, planos e, claro, ideias.

Um ideia sobre alguma coisa, um objecto, um acontecimento, uma pessoa, muitas pessoas...é uma criação nossa, mental, e ainda vivida com o que ela nos transmitir fisicamente, visto que nas ideias, as emoções também estão presentes. Esta uma forma demasiado simplista e redutora, para intencionalmente simplificar, sem entrar numa das áreas de Conhecimento que mais aprecio e me fascina, a Filosofia.

Uma ideia existe, sem ter de se sujeitar a uma comprovação, ou mesmo a uma comunicação da mesma a outros. Não é por a termos apenas para nós, sem a escrevermos, o que tem, aliás, muitas limitações inerentes à nossa capacidade de materialização de ideias e da sua explicitarão, que a ideia dei…

A verdade e a sensação de felicidade

Imagem
Dan Gilbert, psicólogo de Harvard é conhecido pelas suas pesquisas sobre a nossa percepção de Felicidade.

Gilbert chegou à conclusão que não temos mesmo a noção do que temos como Felicidade, do que nos faz felizes. Surpreendente. Se perguntarmos a alguém porque se sente feliz, normalmente a pergunta apanha a pessoa desprevenida. E normalmente, diz Gilbert, a resposta é uma recriação, muito pouco correspondente com a realidade.

O nosso cérebro é o único capaz de criar imagens e sensações e quase adivinhar o nosso estado de espírito perante um acontecimento que ainda é futuro. Somos capazes de "sentir" um toque, num tecido, ou um sabor de uma comida que ainda não provámos, um odor que nem ainda cheirámos. Não parece assim tão surpreendente, mas é. E esta interpretação da felicidade é, segundo Gilbert, mais uma criação mental do que, com frequência, uma percepção ou uma noção real.

Provavelmente, Gilbert não inclui a sensação de felicidade perante sentimentos forte, excepto se …

Mãos

Imagem
Olhava as mãos como frequentemente fazia, como numa espécie de aquecimento, antes de começar a procurar as palavras, com que queria preencher espaços no papel. E, mais uma vez, não entendia, tinha de estudar este assunto. A transmissão de uma ideia, começava onde? Na percepção do mundo, provavelmente, muito antes de vir a saber sequer se alguma ideia lhe surgiria, se algum recanto novo de mundo podia fazer surgir, com a palavras. Reais ou não. Bem, reais são todas, o que traduzem é que pode não ser. Isso já pensava ter esclarecido.
Mas este processo... uma, duas, milhares de impressões, conscientes, ou subtis, inconscientes, e algo novo se geraria, ou a confirmação, repetição de algo já demasiado conhecido. Aquela janela ali, aquela luz filtrada, ajudariam. Era uma luz serena, redonda e doce, silenciosa, sem atropelos e ruídos obstaculizantes. Era a sua luz preferida, para pensar, ler e escrever. E, olhando as mãos magras, dedos esguios, pensava poder teclar melhor, com mais destreza…

Prepararmos-nos mentalmente, mas...

Imagem
Cortisol e epinefrina. Hormonas que intervêm em resposta ao stress. Que também têm um papel na regulação da glicose e de funções alimentares, desempenhando, por isso um papel na nossa dieta alimentar. 
O cortisol é produzido nas glândulas supra-renais e o colesterol está na sua base bioquímica. E em situações de stress, o cortisol, que é considerado tóxico, a nível cerebral, dá-nos uma sensação de nevoeiro mental, de confusão, por um efeito ainda em estudo, mas provavelmente associado ao constrangimento dos vasos sanguíneos o que, aliás, nos faz responder ao stress, pelo desconforto e de um ritmo cardíaco mais elevado, descontrolado também. A nível mental, a sensação de falta de controlo racional e emocional, provoca-nos a necessidade de uma reacção contrária, para bloquear o stress. 

O nível de produção de cortisol, tóxico em excesso é importante na defesa, na prevenção de situações stressanets e na preparação do nosso sistema de alertas, em conjunto com outras hormonas.O stresse exces…